Leis Esquisitas no mundo inteiro

Existem algumas leis absurdas no mundo ao nosso redor, você com certeza nunca ouviu falar delas. Veja algumas abaixo:
Em sete estados dos EUA, de acordo com a constituição deles, ateístas podem ser barrados de escritórios públicos.
Realizar sexo entre humanos e animais é proibido em alguns estados, como Idaho, Utah, Michigan, Virginia, Carolina do Norte, Flórida, Alabama, Mississipi e Louisiana. Nesses estados, só é ilegal essa prática entre homossexuais: Montana, Kansas, Oklahoma e no Texas. Sexo oral em animais é considerado sodomia em muitos dos estados de acordo com a bíblia hebraica.
Casamento entre diferentes "raças" era proibido no estado do Alabama até os anos 2000.
Até o ano de 2008, violência sexual como estupro ou outros era considerado um crime de guerra, um crime contra a humanidade, agindo de certa forma até com respeito em questões como o genocídio, de acordo com o conflito que existia entre as ilhas Balkans, do qual quando mulheres eram violadas, isso era considerado algo terrível. E deveria ainda ser assim.

Desde 1986, as autoridades norte americanas tinham o direito de acesso para qualquer email que quisessem, sem que houvesse acordo com os donos de cada um.
Na cidade de Mobile, no Alabama, é contra a lei jogar confetes ou spray em pessoas na rua, caso até de prisão.
Na Arabia Saudita, até alguns dias atrás era proibido que mulheres dirigissem carros ou votassem, isso mudou apenas em 2015 (pasmem).
Em Dubai, casos de sexo extra conjugais era contra a lei e poderiam resultar em cadeia de sentença de até um ano. O que significa que casos de estupro, entre ambas as vítimas, eram de grande numerosidade, onde os dois eram incriminados de qualquer maneira.

Na Arábia Saudita não existe idade mínima para casamento. No ano de 2008, o júri recusou o pedido de divórcio de uma menina de 8 anos que queria largar do marido de 58 anos.

A aposentadoria no Brasil

O Brasil possui um amplo sistema de segurança social ao qual todos os que trabalham no Brasil estão obrigados a contribuir, inclusive os expatriados. As contribuições para a segurança social são pagas tanto pelo empregado como pelo empregador. Entre 8 e 11% do salário antes do imposto do empregado é deduzido para a segurança social pelo Ministério dos Assuntos Sociais.
Com um pequeno número de países, como o Chile, a Grécia, a Itália, Luxemburgo, a Espanha e Portugal, o Brasil celebrou acordos específicos de segurança social. O governo também assinou esses acordos com a Bélgica, Alemanha e Japão, mas estes ainda não foram ratificados. Embora os seguros nacionais desse país geralmente tenham que contribuir para o sistema de segurança social brasileiro, suas contribuições podem ser levadas em conta no cálculo das prestações em seu país de origem após seu retorno.
As prestações de segurança social, como as pensões, as prestações de doença e as prestações de invalidez são pagas pelo Instituto Nacional da Segurança Social (INSS). Para poderem beneficiar de uma pensão de velhice, os trabalhadores têm de contribuir para o mínimo de 15 anos, enquanto as prestações de invalidez exigem um mínimo de 12 meses de contribuição para o regime. Além disso, os montantes pagos são bastante baixos, especialmente quando comparados com os padrões internacionais.
Além dos fundos do INSS, todos os empregadores no Brasil são obrigados por lei a estabelecer o chamado FGTS para cada funcionário. O FGTS é um tipo específico de conta congelada em que o empregador paga uma certa percentagem do salário mensal do empregado. No caso de eventos específicos, tais como término sem causa ou doença grave, o funcionário recebe o dinheiro de sua conta, informações sobre o extrato inss.

Ao contrário de todos os outros países da América Latina, a língua principal do Brasil é o português - falado por cerca de 97% da população do país. Embora a língua escrita seja mais ou menos semelhante à portuguesa utilizada em Portugal, há diferenças consideráveis ​​na língua falada. 

Quais Os Problema Da Tireoide Desregulada?

Através dos hormônios que ela produz, a glândula tireóide tem influência sobre quase todos os processos metabólicos no corpo. Distúrbios da tireóide podem variar de um bócio inofensivo (glândula ampliada) pequeno, que fez não necessita de tratamento, ao contrário de um possível câncer com risco de vida.
Os problemas mais comuns da tireóide envolvem a produção anormal de hormônios da tireóide. Demais resultados dos hormônios da tireóide ficam em uma condição conhecida como hipertireoidismo. A produção hormonal insuficiente leva ao hipotireoidismo. Embora os efeitos podem ser desagradáveis ou desconfortáveis, a maioria dos problemas de tireóide pode ser bem geridos, se devidamente diagnosticados e tratados.
O que provoca o problema de tireóide? Todos os tipos de hipertireoidismo são devido ao excesso de produção de hormônios da tireóide de, mas a condição pode ocorrer de várias maneiras:
• doença Graves: A produção de excesso de hormônio tireoidiano.

• adenomas Tóxico: Nódulos de desenvolver na glândula tireóide e começam a secretar hormônios da tireóide, perturbando o equilíbrio químico do corpo; alguns bócios podem conter vários de nódulos.
• A tiroidite subaguda: inflamação da glândula tireóide fez as causas de "vazar" excesso de hormônios, resultando no hipertireoidismo temporário, que fez comício e pode durar algumas semanas, mas pode persistir por meses.
• A glândula pituitária: Avarias ou tumores cancerosos na glândula tireóide: Apesar de raro, o hipertireoidismo pode, assim, desenvolver a partir de causas de síntese.
Hipotiroidismo, por outro lado, decorre a subprodução de hormônios da tiróide. Como a produção de energia do seu corpo requer uma certa quantidade de hormônios da tireóide, uma queda na produção de hormônios leva a uma energia com níveis baixos. As causas de hipotireoidismo incluem:
• tireoidite de Hashimoto: Neste distúrbio auto-imune, o corpo ataca o tecido da tiróide. O tecido Eventualmente deixa de produzir hormônios.

• A remoção da glândula tireóide: A tireóide pode ser removido cirurgicamente ou quimicamente destruída. 

Quais As Causas da Alopecia?

Alopecia areata é uma desordem auto-imune comum que resulta em queda de cabelo imprevisível. Essa queda afeta de 2 por cento dos norte-americanos (cerca de 6,5 milhões de pessoas). A condição pode afetar qualquer pessoa, independentemente da idade e sexo, embora a maioria dos casos ocorra antes da idade de 30 anos.
A palavra "alopecia" vem do grego e antigamente era conhecida como "Doença de Fox," por conta das raposas ficarem mudando sua pele duas vezes por ano.
A palavra "areata" significa "Ocorrendo em manchas ou áreas circunscritas". Neste artigo, vamos olhar para as causas e sintomas da alopecia areata, seu diagnóstico e tratamentos potenciais. Alopecia areata é "uma condição comum de etiologia indeterminada. Caracterizado por circunscrito sem deixar cicatrizes, áreas geralmente assimétricas de calvície no couro cabeludo, sobrancelhas e barba parte do rosto."

Na maioria dos casos, o cabelo começa a cair em pequenas manchas ao redor do tamanho de um quarto. Para a maioria das pessoas, a perda de cabelo não é nada mais do que algumas manchas, embora em alguns casos, pode ser mais extrema. Às vezes, pode levar à completa perda de cabelo no couro cabeludo (alopecia total), ou, em casos extremos, todo o corpo (alopecia universal).
A alopecia areata é considerada uma doença auto-imune, onde o sistema imunológico ataca por engano as células do próprio corpo em vez de invasores estrangeiros nocivos. No caso da alopecia areata, o sistema imunitário ataca os folículos pilosos causando  uma inflamação, o que conduz à perda de cabelo.

A condição ocorre quando as células brancas do sangue atacam as células nos folículos capilares, causando-lhes o encolhimento e dramaticamente abrandando a produção de cabelo. Não se sabe o que causa alopecia precisamente o sistema imune do corpo a atingir folículos de cabelo desta forma, porém acontece, e necessita ser tratado.

Sintomas da Depressão e Causas

Você sabia que existem muitos outros problemas que podem identificar a depressão além dos sintomas citados na reportagem anterior? E além da depressão, existe também a depressão pós-parto.


É considerada a doença do século e atinge cerca de 121 milhões de pessoas ao redor do mundo todo. Os sintomas mais conhecidos são: vontade de chorar constantemente, pensamentos suicidas e tristeza profunda. Não é necessário apresentar todos os sintomas, eles podem aparecer juntos ou até mesmo separados.
Os outros sintomas comuns por que sofre desse mal, são:
  • Tristeza profunda e contínua, é como se todos os acontecimentos da vida virassem desinteresse. A vida passa a ser uma série de acontecimentos horríveis e nada animadores.
  • Esconder o corpo e baixa autoestima, é como se a pessoa quisesse se esconder, usar itens poucos discretos. Ela não se sente bem consigo mesma.
  • Choro Frequente, muitas vezes sem motivos aparente e de forma recorrente. Porém muitas pessoas não choram, varia muito de acordo com a personalidade de cada um.
  • Inquietação e Ansiedade, muitas vezes a ansiedade está cobrada à depressão. Mas a inquietação faz com que a produtividade de quem sofre com depressão diminua, pois a pessoa não consegue sair da rotina.
  • Cansaço Exagerado e Sonolência, a pessoa vê no sono um refúgio do mundo real e apesar de dormir bastante, vive sonolenta.
  • Perda de Apetite e Interesse, não é só a vida que parece ser menos interessante, a pessoa depressiva também perde a vontade de fazer coisas que ela adorava antes.
  • Insônia, ao contrário de quem dorme bastante, a insônia é um problema para muitas outras pessoas. Apesar de deitar, o depressivo tem muita dificuldades em pegar no sono.
  • Pensamentos Suicidas, 90% dos casos de suicídio estão relacionados à depressão ou pessoas que estavam sob efeito de drogas.
  • Alterações hormonais no corpo, que se comporta como se estivesse economizando energia. Produz menos serotonina, responsável pela felicidade e a pessoa fica mais sensível à dor. Podem ser feitos exames laboratoriais para medir a produção desses hormônios.
  • Problemas digestivo e dor no estômago, o intestino aumenta as bactérias ruins e diminuí as boas, causando diarreia, desconforto e gases. Muitas vezes pode ser a causa e não o sintoma da depressão e chamasse síndrome do intestino irritável.
  • Dores de cabeça constantes, o indivíduo acumula muitos sentimentos negativos, que causam a dor.
  • Sensação de fracasso e inutilidade, a autoestima diminui tanto que a pessoa pode se auto mutilar e sabotar a si mesma na vida, relacionamentos e em outros aspectos da vida.
  • Tensão na nunca, ombros e dores no corpo, a pessoa fica tensa o dia todo e isso afeta os músculos que acabam ficando doloridos, pois reagem ao estímulo mental.
  • Alteração de peso, a pessoa pode perder peso por falta de apetite ou ganhar devido ao sedentarismo, por falta de interesse em praticar qualquer atividade.
  • Imunidade baixa, o corpo produz hormônio e estes por fim acabam afetando a saúde física da pessoa que fica mais propensa à apresentar problemas de saúde.
A depressão pós-parto acontece em mulheres que acabaram de ter um filho, tendo desesperança, falta de vontade de criar a criança, além de crises de choro e tristeza profunda.
  • As causas podem ser variadas, mas entre as mais comuns estão:
  • Fatores genéticos
  • Estresse
  • Falta de apoio
  • Gravidez (durante a após o parto)
  • Transtorno bipolar
  • Histórico familiar
  • Limitações físicas
  • Doenças gástricas - como a síndrome do intestino irritável
  • Desordem pré-menstrual
  • Traumas
  • Vítimas de violência doméstica
  • Limitações físicas e etc.


Você conhece os sintomas da depressão?

A depressão atinge milhares de pessoas, desde as mais quietas, até as mais extrovertidas. Qualquer um pode ter a doença em qualquer etapa da vida. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, pelo menos 11 milhões de pessoas ao redor do mundo todo possuem a doença.
A doença passou a ser tão comum entra as pessoas que ficou conhecida como " a doença do século". Pode ser causada por uma série de problemas, e suas origens podem variar desde problemas físicos, sociais.
O sintoma mais conhecido por todos é a tristeza profunda, vontade constante de chorar e até vontade de cometer suicídio, porém pode ser diagnosticada de muitas outras formas.
Os principais sintomas da depressão são irritabilidade profunda, tristeza e vontade de cometer suicídio. Nem sempre as três estão presente, apenas tristeza é o suficiente para que o quadro seja diagnosticado. Preste atenção aos sintomas, se durarem mais de 3 semanas, você pode apresentar a doença.
Pessoas descrevem os sintomas como uma sensação de baixo astral, parece que acontecimentos ruins o perseguem pela vida. Isso causa desinteresse e melancolia constante.

A baixa auto-estima, vontade de não chamar a atenção, evitando usar acessórios chamativos e se aproximar o máximo possível do discreto, também é um sintoma.
O choro frequente é mais de um sinal, porém não é necessário. Chorar depende muito da personalidade individual, algumas pessoas só ficam mais apáticas e sem animo, alegria e agitação.
A ansiedade também é uma grande causa da depressão. As pessoas ansiosas vivem no dia de amanhã, ficam muito inquietas e possuem vários medos. Quando a ansiedade é configurado junto com a depressão, ela não torna a pessoa mais produtiva e sim ao contrário, a pessoa tem cada vez menos vontade de sair da rotina.
Cansado exagerado, e preguiça de fazer alguma atividades, parecendo que a cama é melhor que sair pelo mundo a fora também é um sinal de depressão. Porém pode ocorrer o contrário e a pessoa ter muita dificuldade de pegar no sono.

É comum que haja perda de interesse por atividades e perda de apetite. As pessoas perdem o interesse pela vida e coisas que costumava fazer.

Atitudes radicais que você NÃO deve fazer se quiser emagrecer

Muitas das pessoas que querem emagrecer tomam atitudes radicais que mais prejudicam do que beneficiam o organismo. A reeducação alimentar e perda de peso preventiva e duradoura funciona como um processo, um caminho e muitas dessas atitudes são  uma pedra no sapato de quem está buscando o peso ideal de quem prefere arriscar a saúde para agilizar os ganhos.

Confira aqui todas atitudes radicais que  é preciso evitar afim de manter a saúde do organismo:

1) Não corte completamente os carboidratos da dieta
Não confunda o glúten com carboidrato. O glúten pode ser completamente cortado da sua dieta, ao contrário dos carboidratos. O seu organismo precisa desse tipo de substância para manter uma reserva energética, pessoas que mantém esse hábito a longo prazo podem sofrer com a diminuição dos músculos e também de indisposição ou tontura.

2)  Não se baseie somente num tipo de alimento
Dietas baseadas somente em proteínas são completamente danosas para a saúde pois restringem ao organismo a uma fonte de energia muito rala e que não supre nem mesmo as necessidades. Esse tipo de emagrecimento é muito agressivo e apesar de perder alguns quilos isso não será ao longo prazo e muito menos prazeroso. Além disso ingerir muitas proteínas pode causar danos no fígado e rins.

3) Cortar todo tipo de doces
Os doces são de fato inimigos da dieta atual, pois são ingeridos em excesso. No entanto o segredo não está na restrição e sim no equilíbrio. Além disso, quem gosta de doces isso será um sacrifício que não durará por muito tempo, quando acontecer a pessoa se sentirá um fracasso quando na verdade nem tem por que se culpar tanto. O segredo está em manter baixos níveis de açúcar e uma curva glicêmica sem picos elevados, para que isso aconteça não é preciso deixar todos os doces de lado.