O uso das redes sociais no terrorismo

07:49,0 Comments

A internet e a tecnologia vieram para muitos benefícios da população mundial, a comunicação ficou mais rápida e instantânea, as informações estão circulando muito mais rápido e a interação entre pessoas ao redor do globo também.
Porém, como tudo na vida, há pessoas que estão utilizando toda essa gama de tecnologias em uma versão maligna, como é o caso do grupo jihadista do estado islâmico.
O uso dessa facção nos meios da internet é tão grande que alguns especialistas chegam a chamar de ''terrorismo viral'', as pessoas imaginam os terroristas como pessoas com métodos e condições de vida precários como se esconder dentro de cavernas ou em túneis de baixo da terra, porém, o terrorismo está acontecendo via internet e na frente dos nossos olhos: são postagens diárias de atentados e ameaças contra a humanidade.

O compilado de pessoas do grupo terrorista, tem usado as ferramentas e funções disponíveis nas redes sociais como Facebook, Twitter e WhatsApp, para fazer a ampla distribuição de suas ideias e mensagens repassadas. Por meio de tudo isso, está sendo feito o recrutamento, alistamento e disseminação de suas ideias diabólicas ao redor do mundo interior, não somente pessoas da sua cultura ou nacionalidade. Há o levantamento de dinheiro e até a execução de pessoas sendo promovido pelo meio digital.
Uma das redes sociais mais preferidas pelos terroristas é o Twitter, onde as mensagens são expostas publicamente, são mais de 46 mil contas que são apoiadores ou militantes do Estado Islâmico. Essas contas são usadas para a promoção e divulgação das ideias, e até mesmo para eles conversarem entre si.
O WhatsApp também tem sido usado para promover tudo isso, quer ter mais informações sobre esse assunto? Acesse o link a seguir: http://www.statuswhatsapp.com.br/

E aí, o que você acha de tudo isso? Não esqueça de comentar!

You Might Also Like

0 comentários: