Sintomas da Depressão e Causas

03:05,0 Comments

Você sabia que existem muitos outros problemas que podem identificar a depressão além dos sintomas citados na reportagem anterior? E além da depressão, existe também a depressão pós-parto.


É considerada a doença do século e atinge cerca de 121 milhões de pessoas ao redor do mundo todo. Os sintomas mais conhecidos são: vontade de chorar constantemente, pensamentos suicidas e tristeza profunda. Não é necessário apresentar todos os sintomas, eles podem aparecer juntos ou até mesmo separados.
Os outros sintomas comuns por que sofre desse mal, são:
  • Tristeza profunda e contínua, é como se todos os acontecimentos da vida virassem desinteresse. A vida passa a ser uma série de acontecimentos horríveis e nada animadores.
  • Esconder o corpo e baixa autoestima, é como se a pessoa quisesse se esconder, usar itens poucos discretos. Ela não se sente bem consigo mesma.
  • Choro Frequente, muitas vezes sem motivos aparente e de forma recorrente. Porém muitas pessoas não choram, varia muito de acordo com a personalidade de cada um.
  • Inquietação e Ansiedade, muitas vezes a ansiedade está cobrada à depressão. Mas a inquietação faz com que a produtividade de quem sofre com depressão diminua, pois a pessoa não consegue sair da rotina.
  • Cansaço Exagerado e Sonolência, a pessoa vê no sono um refúgio do mundo real e apesar de dormir bastante, vive sonolenta.
  • Perda de Apetite e Interesse, não é só a vida que parece ser menos interessante, a pessoa depressiva também perde a vontade de fazer coisas que ela adorava antes.
  • Insônia, ao contrário de quem dorme bastante, a insônia é um problema para muitas outras pessoas. Apesar de deitar, o depressivo tem muita dificuldades em pegar no sono.
  • Pensamentos Suicidas, 90% dos casos de suicídio estão relacionados à depressão ou pessoas que estavam sob efeito de drogas.
  • Alterações hormonais no corpo, que se comporta como se estivesse economizando energia. Produz menos serotonina, responsável pela felicidade e a pessoa fica mais sensível à dor. Podem ser feitos exames laboratoriais para medir a produção desses hormônios.
  • Problemas digestivo e dor no estômago, o intestino aumenta as bactérias ruins e diminuí as boas, causando diarreia, desconforto e gases. Muitas vezes pode ser a causa e não o sintoma da depressão e chamasse síndrome do intestino irritável.
  • Dores de cabeça constantes, o indivíduo acumula muitos sentimentos negativos, que causam a dor.
  • Sensação de fracasso e inutilidade, a autoestima diminui tanto que a pessoa pode se auto mutilar e sabotar a si mesma na vida, relacionamentos e em outros aspectos da vida.
  • Tensão na nunca, ombros e dores no corpo, a pessoa fica tensa o dia todo e isso afeta os músculos que acabam ficando doloridos, pois reagem ao estímulo mental.
  • Alteração de peso, a pessoa pode perder peso por falta de apetite ou ganhar devido ao sedentarismo, por falta de interesse em praticar qualquer atividade.
  • Imunidade baixa, o corpo produz hormônio e estes por fim acabam afetando a saúde física da pessoa que fica mais propensa à apresentar problemas de saúde.
A depressão pós-parto acontece em mulheres que acabaram de ter um filho, tendo desesperança, falta de vontade de criar a criança, além de crises de choro e tristeza profunda.
  • As causas podem ser variadas, mas entre as mais comuns estão:
  • Fatores genéticos
  • Estresse
  • Falta de apoio
  • Gravidez (durante a após o parto)
  • Transtorno bipolar
  • Histórico familiar
  • Limitações físicas
  • Doenças gástricas - como a síndrome do intestino irritável
  • Desordem pré-menstrual
  • Traumas
  • Vítimas de violência doméstica
  • Limitações físicas e etc.


You Might Also Like

0 comentários: