Os tipos de carteira de motorista disponíveis no Brasil

06:30,0 Comments

Tipos de carteira de motorista mudar de acordo com o país e sua legislação. Saiba neste artigo quais são os tipos de carteiras de motorista no Brasil e quais são as particularidades envolvidas.
Nacional de habilitação ("Carteira Nacional de Habilitação - CNH") é o documento comprovativo de que uma pessoa pode dirigir terra de veículos automotores no Brasil. Por esta razão, ele tem que ser executado pelo condutor, sempre que ele/ela está dirigindo. Brasileiro atual carteira de motorista carrega o driver da foto, o número dos seus documentos mais importantes (tais como CPF e RG) e pode ser usado como um cartão de IDENTIFICAÇÃO.

Como emitir a sua carteira de motorista


Existem dois tipos principais de carteira de motorista no Brasil: a temporária e a definitiva. A primeira é tirada quando o motorista não tem nenhuma experiência anterior e é válido por um ano. Após este período, o motorista tem de se aplicar para a definitiva carteira de motorista.
Para emitir uma carteira de motorista, o candidato deverá:

  • ·         Ser totalmente atribuíveis
  • ·         Ser capaz de ler e escrever
  • ·         Para apresentar o original e uma cópia da cédula de identidade (Registro Geral - RG) ou equivalente cartão de IDENTIFICAÇÃO (no caso de estrangeiros, RNE)
  • ·         Para apresentar o original e a cópia do CPF cartão
  • ·         Para apresentar um comprovante de endereço (cópia e original)
  • ·         Para maiores de 18 anos

Categorias


De acordo com o Detran, no Brasil, existem cinco categorias para os motoristas e eles vão de a a E. Eles estão relacionados com o tipo de veículo, o motorista pode operar e suas limitações:

Categoria A – motorizados veículos com duas ou três rodas, com ou sem side-car. Exemplo: motocicletas.

Categoria B – veículos motorizados que não pertencem à categoria "A". Eles não devem ter mais de oito lugares, excluindo o do condutor, e o peso bruto de 3,5 mil quilogramas. Exemplo: regular automóveis.

Categoria C – veículos motorizados para transporte de carga, cujo peso bruto exceda a 3,5 mil quilogramas. Exemplo: caminhões.

Categoria D – veículos motorizados para o transporte de passageiros ou de estudantes, ou em veículos com mais de oito lugares, excluindo o do condutor. Exemplo: os ônibus.

Categoria E – esta categoria inclui todos os anteriores veículos que têm articulado parte ou estão ligados a reboque, com peso bruto de 6 mil quilogramas ou mais ou quarto para mais de oito lugares. Exemplo: caminhão de reboque.


Cada categoria tem seu próprio exames específicos. Drivers pode adicionar outra categoria para aqueles que já possuem. Esta alteração funciona de uma forma hierárquica: para mudar de categoria B para C, é necessário esperar um ano na categoria B; para mudar de B para D, é necessário esperar dois anos na categoria B e, um ano na categoria C, de C para E é necessário esperar um ano na categoria C e de D para E não é necessário aguardar. Não é permitido mudar a categoria diretamente a partir de B para E.

0 comentários:

Pará conta com todas as cidades abrangidas pelo sistema online

06:28,0 Comments

Os serviços de todos os tipos tem sido cada vez mais utilizado por meio de ferramentas online. Isso se faz uma forma de evitar deslocamentos e usar beneficamente os dispositivos cada vez mais presente na casa de todos para resolver problemas atuais. Hoje em dia optar pelas opções tecnológicas acaba sendo uma forma também de evitar filas e demora no atendimento pelos métodos convencionais tais como o atendimento telefônico.


A boa notícia para os moradores do Pará é que o departamento estadual de trânsito do estado (Detran PA) irá , a partir do dia 9, incluir todas as cidades paraenses no sistema de atendimento da instituição, incluindo a biometria (identificação digital) para solicitar exames médico, psicotécnico, renovação da segunda via da carteira ou para quem está a tirar a primeira habilitação.

Para conseguir acessar os serviços basta acessar o site oficial www.detran.pa.gov.br. De acordo com a nota emitida pelo Detran o objetivo da mudança é justamente fazer com que as filas diminuam nas unidades da instituição e público possa estar mais satisfeito com a agilidade na resolução de seus problemas.

Durante muitos anos o atendimento era feito por meio de senhas, ou seja, ordem de chegada. O problema  é que muitos usuários reclamam dos horários complicados da instituição que geralmente fecha antes do horário comercial usual e os que não tem flexibilidade para faltar dais de trabalho para resolver problemas acabam tendo que adiar ou se complicam para conseguir ter uma conversa presencial. Agora, com a automatização mesmo que mora longe ou não tem disponibilidade de comparecer à unidade consegue tirar suas dúvidas em tempo recorde. Acesse aqui o Detran do Estado do Pará. 


Os recursos disponíveis serão completos, incluindo solicitações de segunda via de documentos, multas, taxas, boletos, impostos e tudo o mais o que já era disponível para quem mora na capital do Pará. 

0 comentários: